Pages

Tradutor De Idiomas:

Saturday, July 9, 2011

Argentina empata mais uma vez na Copa América

Em mais uma exibição muito abaixo do que se espera, a Argentina ficou no 0 a 0 com a Colômbia em Santa Fé, e segue sob forte pressão. Se alguém merecia ganhar a partida foi a equipe colombiana. Uma imagem emblemática foi a do desânimo de Messi, camisa 10 e melhor jogador do mundo nos últimos dois anos. Era a imagem da Argentina em campo.
Um time perdido, que segue sem vencer no torneio que disputa em casa. Agora soma apenas 2 pontos, contra 4 dos colombianos. Bolívia (1 ponto) e Costa Rica (que ainda não pontuou) se enfrentam nesta quinta-feira, e podem complicar ainda mais a situação dos hermanos.
Não dá para entender por que Sergio Batista ainda insiste com Lavezzi e Banega, mesmo tendo Agüero e Pastore no banco de reservas. A Argentina foi um time apático no primeiro tempo, e seu melhor jogador, o melhor do mundo, era mais um perdido em meio à marcação colombiana.
A seleção dirigida por Hernán Gomez se propôs a controlar a bola e atacar com velocidade. E em duas oportunidades na primeira etapa quase saiu na frente: primeiro Ramos perdeu cara a cara com o goleiro Romero. Em seguida, Moreno desperdiçou lance sem goleiro, após dividida de Ramos e Burdisso na área. A zaga dos hermanos era uma mãe.
Na segunda etapa os times voltaram sem modificações. E naturalmente as coisas continuaram iguais. Burocrática, a Argentina não era incisiva, tentava pelo meio e esbarrava na barreira colombiana – que marcava bem e assustou muito nos contra-ataques e quase fez com Armero e Falcao García.
Na próxima rodada – última da primeira fase -, segunda-feira, em Córdoba, às 21h45, a Argentina pega a Costa Rica, seleção mais fraca do grupo. Precisa da vitória para passar à próxima fase, mas pode acabar a rodada como terceiro do grupo caso haja vitória no duelo entre costarriquenhos e a Bolívia, no outro jogo do grupo. A pressão sobre Batista e a seleção do melhor do mundo é cada vez maior.